Flor Cadáver desabrocha somente uma vez a cada 1000 dias


Compartilhar
Flor cadaver desabrocha apenas uma vez a cada 1000 dias

creditos imagem: CC BY-SA 4.0 Richard J. Rehman

Milhares de pessoas ficaram na fila para ver flor cadaver desabrochar

Flor cadáver vulgarmente como é conhecida, cujo o nome científico é  Amorphophallus titanum, desabrocha, mas fica aberta apenas durante 36 horas, e tem um odor horrível.

A  flor levou quase 10 anos para crescer e é conhecida por seu odor forte de carne podre.

A Amorphophallus titanum, esteve  em exposição em um jardim botânico perto de Adelaide na Australia, atraiu mais de 2.500 visitantes em uma terça-feira do dia 29 de dezembro de 2015.

A planta, uma espécie em extinção nativa de Sumatra, na Indonésia, produz flores a cada 1.000 dias que duram apenas 24 a 36 horas antes de se fechar.

Matt Coulter, do jardim botânico Mount Lofty, disse que a flor enorme, cheirava como um “animal morto” que o fez sentir vontade de vomitar. Ele disse que o cheiro não era constante, mas “uma espécie de vai e vem de ondas … de repente ela bate em você”. “Quando eu abri a estufa esta manhã me surpreendeu de tão forte o cheiro”, disse à ABC News “. 

Judy Twelftree,de 68 anos de idade, disse que ficou na fila por uma hora e meia para ver a planta, e disse que “O cheiro não era tão ruim quanto eu pensei que seria, foi um pouco como uma lata de lixo. “Outros compararam o cheiro como de um rato morto,  e adolescentes na sala disseram ” brócolis cozido na geladeira “.  

Phoebe Snibson, de 7 anos, disse ao jornal The Adelaide Advertiser que ela teve que apertar o nariz e que o fedor era como um “saco com mau cheiro de peixe podre que sobrou do feriado”.

A planta é notoriamente difícil de cultivar e foi cultivada no Sul da Austrália a partir de uma semente doada ao jardim botânico em 2006. “O cheiro é puramente para a sobrevivência das espécies de plantas, é bastante vulnerável ao desmatamento “, disse Coulter.

O Jardim Botânico permanceu aberto com horas extras para acomodar o fluxo de visitantes. Fonte: The Telegraph

 

Comentários: