Queijo é usado para gerar eletricidade


Compartilhar
Queijo é utilizado para gerar eletricidade

Image Credit: CC BY 3.0 Holger Reichardt

Geração de energia através do Queijo

 É exatamente isso que está acontecendo em uma nova usina nos Alpes franceses.

Um subproduto do queijo Beaufort, o soro do leite, é convertido em biogás, uma mistura de metano e dióxido de carbono, na fábrica em Albertville, em Savoie na França.

As bactérias são adicionadas ao soro do leite para produzir o gás, o qual é então utilizado para gerar electricidade, que é vendido para a companhia de energia EDF.

“O soro é o nosso combustível”, disse François Decker da empresa Valbio,  que projetou e construiu a estação de energia, que foi inaugurada em outubro de 2015.

“É simplesmente o mesmo  ingrediente do iogurte natural.  Depois que o  leite integral é usado para fazer o queijo Beaufort, o soro do leite e o creme estão sobrando.

O creme é usado para fazer queijo ricotta, manteiga e a proteína em pó, que é utilizada como um suplemento alimentar.

O soro de leite desnatado residual é então colocado num tanque com bactérias, onde a fermentação natural produz o metano da mesma maneira que o gás é produzido nos estômagos das vacas.

O gás é então alimentado através de um motor que aquece a água a 90 graus C e gera electricidade com capacidade de produzir cerca de 2,8 milhões de quilowatts-hora  por ano, energia suficiente para abastecer uma comunidade de 1.500 pessoas, disse Decker ao jornal Le Parisien.

Ela não é apenas  a primeira estação de energia à base de queijo, mas uma das maiores.

A Valbio construiu sua primeira usina protótipo há 10 anos ao lado de um mosteiro onde os monges faziam queijo desde o século 12. Desde então, cerca de 20 outras usinas de pequena escala foram construídas na França, outros países da Europa e no Canadá.

Mais unidades estão planejadas na Austrália, Itália, Brasil e Uruguai. 

Fonte: Telegraph

Comentários: